Black Friday: Os principais mitos sobre compras pela internet

mitos-compras-internet

A prática de realizar compras online se tornou um costume dos brasileiros, mas muitas pessoas ainda não adotaram o hábito de comprar por e-commerces por receios, como falta de segurança e a impossibilidade de devolver o produto adquirido. Para tornar as suas compras seguras, listamos os principais mitos da Black Friday sobre compras pela internet. Descubra:

 

Conheça os principais mitos da Black Fridaymitos da black friday

1) Não é seguro comprar pela internet

Tomar cuidado ao comprar na internet é sempre necessário, mas comprar na web é cada vez mais seguro, conforme afirma Fátima Lemos, assessora técnica do Procon-SP, em entrevista ao portal iG. A especialista recomenda pesquisar a experiência de compra de outros consumidores, e se certificar de que o ambiente online é confiável ao fornecer dados pessoais e dados bancários.

 

Comprar online é uma comodidade. Fazemos tudo pela internet, não tem porque não fazer compras, afirma Fátima. Mas atenção: não compre por impulso, é preciso estar atento ao preço e se a loja online tem muitas reclamações.

 

2) Só é permitido efetuar compras com cartão de crédito

Devido à praticidade e à comodidade, boa parte das compras online é feita via cartão de crédito, mas esta não é a única forma de pagamento de produtos de e-commerce, conta Fátima.

Obrigatória, a opção de pagar com boleto bancário é estimulada pelas lojas online, pois esta é sempre feita à vista. Outra opção disponível é a compra via débito online, que direciona o comprador automaticamente para o site do banco para realizar a transferência.

 

3) Comprar calçados pela internet é problema

Não dá para experimentar antes quando se compra sapatos pela internet, mas é possível ficar satisfeito com a escolha. Segundo a assessora, devem ser analisados alguns pontos.

 

Por exemplo: a maior parte das lojas online oferece tabelas para impressão com todas as medidas dos pés, evitando possíveis diferenças na numeração de uma marca para outra. Além disso, algumas empresas oferecem canais de atendimento via e-mail, telefone, e até WhatsApp para tirar todas as dúvidas.

 

4) Compra é desprotegida pela lei

O Código de Defesa do Consumidor também é aplicável às compras online. Caso ocorra algum problema e a empresa não ofereça soluções para o problema, o consumidor deve procurar o Procon da sua cidade.

 

5) As cidades maiores têm preferência

Para aumentar a quantidade de consumidores, as lojas online têm incentivado compras para cidades pequenas. Segundo André Ricardo Dias, da E-Bit, para os lojistas, vender para quem mora em cidades pequenas é uma estratégia interessante.

 

Geralmente, esses consumidores não tem acesso a determinados produtos, porque não há tantas lojas físicas onde eles moram. A maioria das lojas está de olho nisso, afirma.

 

Quer investir no seu futuro? Então conheça a Black Friday Cursos Online, que vai oferecer descontos exclusivos em cursos online de pós-graduação. Fique ligado!

Black Friday pos online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *